A Suite VLibras, em código aberto e de distribuição livre, consiste em um conjunto de ferramentas computacionais de código aberto, responsável por traduzir automaticamente conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) em LIBRAS, tornando computadores, dispositivos móveis e plataformas Web acessíveis para pessoas surdas. Com esse conjunto de ferramentas é possível que pessoas surdas possam acessar os conteúdos dessas tecnologias em sua língua natural de comunicação, reduzindo as barreiras de comunicação e acesso à informação.

 

 



Esta Suite é composta pelas ferramentas:

    VLibras-Plugin - é um plugin de navegador que, quando habilitado, permite que o usuário traduza qualquer texto selecionado no navegador para LIBRAS de forma automática. Com isso, o usuário surdo pode navegar em qualquer página na Internet e acompanhar a sua tradução para LIBRAS.


    VLibras-Desktop - é uma ferramenta mais geral que a VLibras-Plugin e pode ser aplicada para traduzir textos selecionados em qualquer software ou aplicativo instalado no computador pessoal do usuário surdo para LIBRAS.


    VLibras-Video - como o próprio nome indica, tem como objetivo traduzir vídeos submetidos pelo usuário para LIBRAS, permitindo também que os usuários surdos tenham acesso a conteúdos multimídia na sua língua natural de comunicação.


    VLibras-Núcleo - é o um núcleo comum e central de desenvolvimento das ferramentas listadas acima, e tem como objetivo concentrar as principais funcionalidade dessas ferramentas. Nessa suíte, os conteúdos em LIBRAS serão gerados a partir da tradução automática de textos, legendas ou áudio ou em língua portuguesa, e serão representados por um agente animado virtual 3D (avatar-3D).

Para a geração desses conteúdos, um Dicionário de LIBRAS está sendo modelado e desenvolvido pela equipe do projeto, juntamente com uma ferramenta Web de construção colaborativa de sinais em LIBRAS, denominada WikiLibras.

A proposta do WikiLibras é permitir que colaboradores possam participar do processo de desenvolvimento do Dicionário de LIBRAS através da adição de novos sinais ou da edição dos sinais existentes, tornando o seu desenvolvimento mais produtivo.

VLibras no Portal do Software Público

A Secretaria de Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (SLTI/MP) optou por apoiar um software interpretador de LIBRAS em licença livre e que estivesse em desenvolvimento no meio acadêmico (universidades, centros de pesquisa, entre outros) para ser disponibilizado gratuitamente no Portal do Software Público. Além disso, foi proposto o modelo semelhante ao leitor de tela, que promoveria, de fato, a inclusão e o acesso de pessoas surdas que se comunicam por meio de LIBRAS. Esta escolha foi embasada na pesquisa comparativa solicitada ao Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) por meio do Acordo de Cooperação nº 22/2012 do Ministério do Planejamento.

Dessa forma, todo o conjunto de ferramentas desenvolvido em código aberto está disponível para colaboração no Portal do Software Público.

Acesse a página do VLibras.

 

Fonte: GOV.BR